8 Estratégias para Páginas de Produto da Shopify Eficazes

Escrito por colaborador convidado 18 de Novembro de 2015 • • 0 comentários



O percurso habitual nas lojas da Shopify conduz o cliente a partir da página inicial para uma página de produto, para o carrinho de compras e, por fim, para o check-out. Isto significa que as suas páginas de produto da Shopify são a última página que um cliente vê antes de decidir realizar uma compra.

As páginas de produto são uma das mais importantes áreas da sua loja na Shopify, sendo, de muitas maneiras, um elemento chave na sua argumentação de venda. Numa publicação anterior, a Veeqo destacou algumas dicas para o preparar para a Sexta-Feira Negra. Desta vez, analisaremos especificamente o modo como poderá melhorar as suas páginas de produto na Shopify.

1. A Descrição e Formatação

A sua descrição do produto é a sua oportunidade de descrever o seu produto de um modo que seja o mais relevante possível para os seus clientes. Poderá igualmente ser utilizada para reforçar a sua marca, ao descrever os motivos que tornam o seu produto único e o modo em que o mesmo se insere no resto da sua oferta comercial. Enquanto que uma lista de características técnicas e detalhes sobre o produto é importante, a descrição deve ser utilizada para contar uma história.

Evite utilizar as descrições fornecidas pelo fabricante, as quais não costumam ser muito direcionadas para o público em geral. Recorra antes à voz única da sua marca quando for escrever descrições de produto com foco não só na probabilidade de serem lidas pelo cliente, mas também em palavras-chave que melhorem o seu SEO.

Evite igualmente os parágrafos longos e vá subdividindo a descrição em vários pequenos parágrafos ou tópicos, sempre que possível. Os tópicos ajudam realmente os clientes a obter rapidamente uma visão geral sobre as principais características do seu produto.

Poderá criar também páginas de produto com várias secções, por forma a criar uma história melhor ainda. A Faucet Face faz precisamente isso. A Harry´s também o faz muito bem.

2. Propostas de valor

Ao escrever uma descrição de produto, tente realçar os aspetos que apelarão aos seus clientes-alvo, em vez de listar simplesmente todos os factos sobre seu produto. Uma lista de especificações técnicas do produto é importante, mas raramente funciona como uma boa história numa proposta de valor.

Imagine, por exemplo, que pretende vender auscultadores com características de bloqueamento de ruído. Estas são suas formas distintas de redigir a descrição para os seus clientes:

  • Bloqueiam 70% do ruído ambiente
  • Reduzem o som em até 20 decibéis.

OU

  • Som áudio limpo e nítido, com uma redução de ruído externo
  • No seu próximo voo, vá a ouvir a sua música favorita, em vez de levar com o barulho dos motores e dos outros passageiros.

Embora as especificações técnicas devam ser incluídas na página do produto, para fins de comparação com a concorrência, a maioria dos seus clientes não saberá o que significam 20 decibéis. Opte antes por lhes proporcionar ideias sobre como poderão melhorar e facilitar as suas vidas ao utilizarem os seus produtos. Ou seja, uma proposta de valor centrada no cliente será muito mais eficaz do que uma proposta centrada no produto com uma mera listagem de factos técnicos.

3. Voz do Cliente

Uma parte importante aquando da criação de páginas da Shopify centradas no cliente passa por obter um conhecimento profundo do seu público-alvo e da melhor forma para comunicar com o mesmo. Não só poderá chegar muito melhor aos seus clientes se souber utilizar a mesma linguagem, como melhorará o seu SEO, ao utilizar os termos que os seus clientes utilizarão para efetuarem a pesquisa.

Recorra à linguagem e aos termos que os seus clientes usam quando procuram o seu produto e melhore assim a sua classificação nos motores de pesquisa.

Por exemplo, muitos jogadores de beisebol ou softbol usam redes portáteis para utilizar durante os treinos e no aquecimento para jogos. No entanto, é muito raro os jogadores referirem-se a essas redes enquanto “redes portáteis”, embora elas sejam frequentemente comercializadas sob esse nome. Em vez disso, a maioria dos jogadores e treinadores designa-as de “redes de pop-up”.

A utilização de termos que correspondam ao vocabulário empregue pelos seus clientes (“redes de pop-up”, neste caso) na sua descrição fará com que estes encontrem os produtos que procuram muito mais rapidamente e ajudará a melhorar as classificações de pesquisa dos termos que os seus clientes utilizam.

4. Produtos relacionados

Produtos relacionados são itens que poderão ser do interesse de um cliente seu, tendo em conta o seu histórico de compras, ou com base no produto que o mesmo está a visualizar. Poderá utilizar aplicações como a Recommendify para adicionar uma secção de produtos relacionados com a sua loja da Shopify. Este processo assemelha-se ao da Amazon, que inclui uma secção sobre itens que possam interessar os visitantes por baixo dos detalhes do produto.

Os produtos relacionados dão aos clientes ideias para complementar a sua seleção atual, dando visibilidade a outros produtos na sua loja e ajudando a aumentar as vendas. Poderá igualmente poupar aos seus clientes a tarefa de ter que vasculhar pelo seu catálogo, por forma a encontrarem os produtos que gostariam de adquirir em conjunto com o produto.



5. ALT tags de imagem

O texto ALT é utilizado em imagens de produto para descrever o produto exibido. O texto ALT é também apresentado sempre que houver um problema com a visualização da imagem. Trata-se de uma forma importante de aumentar o seu SEO,  uma vez que poderá adicionar palavras-chave relevantes para o seu produto.

É igualmente um elemento importante nos sites adaptados a um público com deficiência visual, uma vez que os leitores de ecrã poderão ler o texto ALT que descreve as imagens.

Na Shopify, poderá alterar o ALT texto de imagens ao abrir o produto e passar o rato sobre a imagem do produto. Em seguida, clique em “texto ALT” para atribuir uma descrição à imagem.

Texto ALT para imagens do produto

Caso tenha várias imagens, tente fazer um texto ALT exclusivo para cada imagem, por forma a descrevê-la da melhor maneira possível.

6. Configurações de SEO

A Shopify tem a capacidade de melhorar a sua otimização de motores de pesquisa (SEO) já incorporada nas páginas de produto – não sendo necessário recorrer a aplicações adicionais!

Quando abrir um produto para o editar, navegue até à secção “Search engine listing preview”. Aqui, poderá ver o modo como a página será listada nos motores de busca. Poderá também alterar o título do produto, bem como a sua meta-descrição e o URL, por forma a incorporar os termos utilizados pelos seus clientes aquando da sua pesquisa.

Adapte a forma de apresentação de listas relativas ao seu produto

Certifique-se de que a sua meta-descrição faz uma boa descrição do seu produto e de que a mesma contém as palavras-chave mais vantajosas. Além disso, escolha URLs descritivos e de leitura fácil, como o nome do produto, em vez de números SKU ou números de produto.

7. Imagens com qualidade profissional.

Uma grande desvantagem na venda online é o facto de os seus clientes não poderem tocar nos seus produtos e verem-nos de todos os ângulos, por forma a garantir que o produto cumpre os seus requisitos. As duas imagens de produto são a coisa mais próxima que terão como referência para determinar se o produto é a escolha ideal.

As imagens são também uma boa maneira de representar visualmente as finalidades de utilização do seu produto e de dar uma ideia de como poderão vir a ser úteis ao seu público-alvo. Partindo do mesmo exemplo dos auscultadores com cancelamento de ruído, poderá incluir uma imagem com uma pessoa a dormir com os auscultadores durante um voo, bem como uma outra imagem apenas com os auscultadores.

Por norma, é utilizado um fundo branco nas imagens de produto, uma vez que se trata da melhor forma de destacar o formato, os ângulos, curvas e cantos do seu produto. No entanto, não terá que se limitar às imagens de produto com fundos brancos. De acordo com um artigo da Kissmetrics, a apresentação e o contexto devem ser uma parte integrante das suas imagens. Foque a paisagem e o ambiente nos quais insere o produto nas fotos.

Por exemplo, se vende gelado, poderá apresentá-lo sobre uma mesa, em conjunto com outras sobremesas. A incorporação de um ambiente confere um maior contexto às suas imagens, desde que não desvie excessivamente a atenção dos mesmos.

O blog da Shopify dispõe de uma série de artigos sobre fotografia de produtos do-it-yourself e a captura de imagens do produto através do smartphone. Se não estiver confortável com a tarefa de tirar essas fotos, poderá considerar recorrer a um serviço, como a ProductPhotography.com que tratará de tirar as fotos por si.

8. Partilha nas redes sociais

A partilha nas redes sociais é uma ótima maneira para os seus clientes recomendarem os seus produtos a amigos, familiares ou seguidores. Será sempre do seu interesse facilitar aos seus clientes a partilha rápida de algo que lhes agrade através da rede social que utilizam. A maioria dos temas da Shopify têm botões de partilha nas redes sociais já incorporados.

Para ativar essas páginas de produto, aceda à loja online -> selecione Themes -> clique sobre Customize e selecione Social Sharing. Embora esta configuração possa variar entre os temas, a maioria permite ativar a função de patilha nas redes sociais.

Ativar a opção de partilha nas redes sociais nas páginas de produto

Se o tema suportar esta funcionalidade, poderá ativar os botões de partilha nas suas páginas de produto e selecionar as redes sociais para as quais pretende criar os botões de partilha.

Páginas de produto da Shopify

Um dos aspetos mais importantes da sua argumentação de vendas serão as suas páginas de produto na Shopify. Estas são as páginas onde os clientes recebem detalhes sobre as suas ofertas de produto, e tomam a decisão final de compra. Faça uso das seguintes dicas para se certificar de que não perde uma única venda devido a um texto mal redigido ou páginas de produto excessivamente complexas.

Existem outras estratégias que adotou para otimizar as suas páginas de produto na Shopify? Partilhe-as connosco nos comentários.

Este é um artigo de autor convidado escrito por ShopStorm. A sua equipa desenvolve algumas das aplicações de topo para a Shopify, tais como a Product Customizer e a Jilt, um recuperador de carrinhos abandonados. Consulte outros artigos no blog ShopStorm.



What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comments

Deixe uma resposta

Loading…

GETRESPONSE VS MAILCHIMP – UMA COMPARAÇÃO ENTRE DUAS DAS MAIS POPULARES FERRAMENTAS DE E-MAIL MARKETING

Como Utilizar a SEMRush para Esmagar a Concorrência