Shopify versus WooCommerce & WordPress: Diferenças & Utilizações em Conjunto

shopify vs woocommerce

3 de fevereiro de 2017 por Nate Shivar

 

O Shopify e WooCommerce + WordPress são duas das mais conhecidas plataformas de lojas online. Mas se estiver a considerar Shopify vs. WooCommerce + WordPress, como é que decide qual delas é a melhor para si e para o seu projeto?

Tenho consultado clientes que usam ambos o Shopify e o WooCommerce além de os usar nas minhas próprias lojas. São excelentes plataformas com um conjunto completo de opções para dirigir uma loja de sucesso.

Contudo, são ambos muito diferentes, e diferentes negócios, certamente, serão mais adequados para um ou para outro.

Escrevi extensivamente sobre ambos, incluindo uma análise do Shopify, um guia de configuração do WooCommerce, e um resumo de temas do WooCommerce. Mas nesta comparação, vejo as principais definições do WooCommerce e Shopify, algumas das diferenças nas áreas de maior consideração para os proprietários de comércio eletrónico, e como usá-los em conjunto.

E por último, nos Próximos Passos, descreverei qual é, provavelmente, a melhor solução para os diferentes tipos de proprietários de lojas de comércio eletrónico.

Experimente Shopify Grátis por 14 Dias

Veja o meu Tutorial de Configuração do WooCommerce

Vamos aprofundar esta comparação do Shopify vs. WooCommerce & WordPress.

Divulgação – Recebo as taxas de referência do cliente das empresas mencionadas neste website. Todos os dados e opiniões são baseados na minha experiência profissional como cliente pagador ou consultor de um cliente pagador.

Definições do Shopify & WordPress

O Shopify é uma plataforma hospedada de ecommerce.

Isto significa que o Shopify possui o seu próprio software que é fornecido com o seu próprio hardware especialmente configurado. E fornecem todo o serviço com uma opção de subscrição.

É daqui que vem o termo SaaS — software as a service – (software como um serviço) de ecommerce.

Com o Shopify, paga um preço e obtém tudo o que precisa para executar uma loja de comércio eletrónico incluindo hardware, software e suporte.

O WordPress é um sistema de gestão de conteúdo que você pode instalar gratuitamente num servidor de hospedagem que arrenda de uma empresa de hospedagem.

Aparte – note que me estou a referir ao WordPress auto-hospedado – não ao WordPress.com. É confuso, eu sei. Mas fique comigo:)

O WordPress é famoso pela sua versatilidade, e acho que é por isso que a maioria das pessoas o usa. Parte dessa versatilidade vem da utilização de plugins, que são peças de software que pode instalar no topo do WordPress que acrescentam funcionalidades ao seu site.

Um dos mais populares e mais bem-sucedidos plugins do WordPress é chamado WooCommerce.

O WooCommerce é um conjunto completo de todas as funções de que você precisa para executar uma loja bem-sucedida de ecommerce que se liga ao WordPress.

De facto, o próprio WooCommerce permite plugins que estendem a sua funcionalidade a coisas como adesões de grupo, sistemas de pagamento internacionais e, realmente, tudo o que você possa sonhar.

Escrevi aqui um guia de instalação do WordPress ecommerce que  usa o plugin WooCommerce.

Noutras palavras, o WordPress e o WooCommerce são as peças críticas de toda a configuração de ecommerce que tem de construir e administrar.

A melhor analogia que encontrei para descrever a diferença é no setor imobiliário.

 

O Shopify é uma espécie de loja num centro comercial ou condomínio.

Você possui, opera e personaliza o interior do edifício. Pode fazer o que quiser. Mas a propriedade vem num pacote com eletricidade, segurança e Gestão de Propriedades.

O centro comercial não vai tornar a sua loja bem-sucedida, e ninguém vai controlar a forma como gere o seu negócio. Mas, vão cuidar de todos os aspetos não relacionados com o seu negócio, para que você se possa concentrar em vender mais aos seus clientes.

Construir uma loja com o WordPress é como construir a sua própria loja /casa na sua própria terra. Você consegue construir aquilo que deseja. Pode fazer o que quiser com a propriedade. Se não quiser que seja só uma loja, pode fazer com que seja mais do que uma loja. Pode criar qualquer experiência se o desejar.

Mas tudo sobre a propriedade para consigo. Se houver um problema de canalização, é um assunto que lhe diz respeito. Se houver um assalto, é um problema seu. Existem muitos profissionais que pode contratar para ajudar a resolver esses problemas. Mas você possui e cuida da propriedade, por isso, em última instância, é um assunto seu.

De um modo geral, se a sua competência principal for selecionar os produtos e vendê-los, você vai adorar o Shopify. Ao contrário de muitas outras plataformas de ecommerce hospedados, resolveram muitas limitações, e têm uma equipa para garantir que estão vanguarda dos recursos técnicos do ecommerce.

Em contraste, se a sua competência principal for o desenvolvimento, construção de uma experiência digital completa que os seus clientes vão adorar, então vai gostar mais das liberdades do WordPress e WooCommerce – especialmente se essa experiência o separar do resto dos seus concorrentes.

Mas qual é a diferença entre uma plataforma hospedada e uma auto-hospedada de ecommerce? Vamos olhar para as duas individualmente.

Diferenças entre Shopify & WordPress

Há muitas considerações que se prendem com a escolha e construção de uma loja de ecommerce, mas aqui estão as diferenças entre o Shopify e o WordPress nalguns dos aspetos mais críticos.

Hospedagem, Velocidade & Segurança

Como mencionei na introdução, o Shopify toma conta da hospedagem do seu produto, assim como da velocidade, otimização e segurança tudo como parte da sua assinatura mensal.

Nunca é necessário descobrir se você deveria ser CDN, ou caching ou até SSL – desde que eles forneçam tudo isso como parte de todos os planos.

No entanto, com o Shopify, você tem de se comprometer para que o Shopify forneça todas as suas necessidades técnicas.

Você não tem acesso ao seu servidor via FTP. Se quiser editar alguns ficheiros do site, tem de trabalhar com o editor do Shopify chamado Liquid. Faz um excelente trabalho ao permitir que você edite os ficheiros que precisa. Mas como qualquer desenvolvedor sabe, não é a mesma coisa do que ter acesso de raiz no seu servidor.

 

Além disso, existem algumas pequenas alterações que terá de aceitar – tais como verificar o domínio checkout.shopify.com em vez do domínio da sua loja. Esta situação não faz diferença à maioria dos proprietários de lojas, mas afeta algumas aplicações – tais como o programa Google Trusted Store.

Em contraste, se usar o WordPress e o WooCommerce, você é responsável pela sua velocidade de hospedagem e necessidades de segurança. Vai precisar de escolher uma empresa de hospedagem – Tenho um pequeno questionário divertido para o ajudar a encontrar o encaixe perfeito aqui.

Mais, terá de aprender a garantir que o seu website atingiu velocidade, e que é seguro (ou pode usar um processador de terceiros seguro como o PayPal).

Nem a hospedagem, velocidade ou segurança são particularmente difíceis, e a maioria das mudanças que tem de fazer são diretas. Mas se não tiver experiência de desenvolvimento, mesmo o processo de resolução de problemas pode ser difícil.

Por outro lado, pode implementar mudanças que se encaixem perfeitamente na sua visão com o nível de controlo que o WordPress permite. Se quiser ter o SSL Global com um certificado de validade prolongado – pode fazê-lo. Se quiser personalizar o checkout no seu domínio, então pode fazê-lo.

 

Se quiser executar quaisquer scripts e scripts de rastreamento através de uma Rede de Entrega de Conteúdo – pode fazê-lo. Se gosta de mexer em servidores e caching, pode obter um site mais rápido do que o seu site Shopify alguma ver poderia ser.

Dito isto, se o seu website for pirateado, atacado ou ficar muito lento, a responsabilidade de encontrar uma solução ou um especialista estará no seu prato – e não no de mais ninguém.

Custos de Desenvolvimento

Com o Shopify, você tem um custo de assinatura mensal previsível. Além disso, tem a opção de comprar temas premium ou contratar um designer ou outros serviços profissionais para executar o seu site. Mas nenhum deles é necessário.

Como o Shopify é bem conhecido de muitos profissionais, muitas vezes poderá minimizar alguns dos custos dos serviços profissionais. Por exemplo, uma vez que o Shopify cuida de quase todos os seus requisitos técnicos SEO e PPC, qualquer consultor SEO ou PPC pode saltar para o trabalho real em vez de tratar de problemas técnicos básicos (estou a lembrar-me do Magento canonicals…).

Dito isto, comprometer-se com um custo de assinatura, além de qualquer outro custo de aplicativo Shopify, pode ser uma sobrecarga assustadora para uma loja em início de atividade.

O WordPress, por outro lado, pode ser mais barato do que o Shopify ou mais caro dependendo da sua experiência e do tempo que deseja investir.

Uma vez que o WordPress e o WooCommerce são gratuitos e suportados pela comunidade, o seu único custo inevitável é a sua conta de hospedagem contínua.

As contas de hospedagem dependem da empresa de hospedagem e do nível do seu plano mas podem ser mais baratas do que $5 (4,30 €) por mês se tiver um pequeno site e  priorizar o preço em empresas respeitáveis.

Rápido aparte – se procura recomendações, siga o meu questionário de hospedagem do WordPress.

O WordPress é uma plataforma estabelecida, com uma equipa de talentos.

Pode obter designs impressionantes gratuitamente, ou pode atualizar para um tema premium que pode ser tão pouco quanto $20-30 (17,22 €-25,84 €).

Se quer despender milhares de dólares num design, também há milhares de lojas de design focadas no WordPress, nos EUA e em todo o mundo.

Para o desenvolvimento personalizado, pode obter plugins gratuitos e aprender você mesmo ou pode contratar um dos muitos Consultores do WordPress ou Desenvolvedores com foco em WordPress em todo o mundo.

Em suma, com o WordPress você pode pagar tanto quanto quiser – a decisão cabe-lhe a si. Com o Shopify, tem um custo mensal base mais elevado que não consegue reduzir, mas pode aumentar se quiser.

Personalização & Facilidade de Utilização

O Shopify foi projetado para proprietários de lojas de ecommerce. Estão focados em tornar o processo e a configuração tão simples quanto possível.

A sua retaguarda tem muitas opções se quiser aprofundar, mas está focado em ser fácil de utilizar, especialmente para os proprietários de lojas principiantes.

 

O Shopify permite-lhe instalar aplicativos e extensões da App Store. Alguns são gratuitos e outros não. Mas todos os aplicativos são simples de instalar e garantidos para funcionar.

O WordPress e o WooCommerce, por outro lado, são fáceis de utilizar, mas podem ser irresistíveis com as suas opções. O WordPress foi projetado para que você possa criar qualquer tipo de website que queira, incluindo uma loja ecommerce. Mas mesmo que você não queira postagens de blogue ou tipos de postagens personalizados, essas opções vão lá estar quer as utilize quer não.

Depois de subir a curva da aprendizagem do WordPress seguindo alguns excelentes tutoriais do WordPress ou tutorials do WooCommerce, é muito direto. No entanto, apresenta uma curva de aprendizagem mais acentuada do que o Shopify.

Ferramentas de Conteúdo

Voltando ao tema geral – o Shopify foi construído especificamente para ser uma plataforma de comércio eletrónico. Todas as ferramentas de conteúdo estão focadas na sua loja / produtos.

Possuem ferramentas para editar categorias, coleções, páginas, páginas de produto, página inicial, qualquer página normal que deseje configurar e muito mais. Apresentam uma ferramenta integrada de blogues que se adequa à maior parte dos detentores de ecommerce. Realmente só tem os recursos que um proprietário de um comércio eletrónico quereria, não é um editor avançado.

 

Se se quiser focar em conteúdo para além da promoção e venda, o Shopify não o consegue acompanhar porque não foi construído para isso (pense em apresentações interativas ou personalizadas).

Se quiser construir um fórum completo com discussões e conteúdo interativo, ou qualquer outro tipo de conteúdo que normalmente não seja visto no mundo do ecommerce – não o poderá fazer com o Shopify.

Em contraste, o WordPress é um sistema de gestão de conteúdo pessoal completo. Pode construir qualquer coisa que deseje com o WordPress. Ele possui blogues internos e gestão de conteúdo, mas você também pode fazer outras coisas como redes sociaisreservas, ou realmente qualquer coisa dos seus sonhos. De facto, o WooCommerce usa tipos de postagens personalizados para criar o tipo de conteúdo do produto.

SEO & Ferramentas de Marketing

As ferramentas de marketing SEO do Shopify são robustas, integradas e fáceis de usar. Mas, muitas vezes, não se estendem a casos de ponta e exigem conhecimentos da plataforma Shopify. Por exemplo, eu tive de descobrir como implementar canonicals cross-collection via Liquid com um cliente.

Mas exceto para casos de ponta, o Shopify cuida de quase tudo – incluindo ferramentas técnicas avançadas tais como Schema, Sitemaps e até SSL. Para alívio de todos os Consultores SEO de ecommerce, eles cuidam dos canonicals e marcação Schema do produto.

Eles permitem redirecionamentos 301 em massa, mas se estiver a migrar uma grande loja ainda precisa de um aplicativo pago para  os carregar em massa e monitorar erros de rastreamento.

Adicionalmente, se quiser fazer algumas mudanças, digamos, canonicals collections, precisa de entender realmente o funcionamento do Liquid para poder escrever o script e efetuar essas mudanças.

Isso também é válido para ferramentas do AdWords e do Facebook – o Shopify possui uma implementação avançada, mas ainda direta. Fazem Merchant Center, Facebook Pixel, Buyable Pins, etc., todos diretos. Mas se tiver casos de ponta, terá de trabalhar com a plataforma do Shopify e possivelmente com uma extensão paga.

Com o WordPress, pode fazer o que quiser.

Existe uma família robusta de plugins gratuitos e premium para cada situação.

Por exemplo – você pode usar o plugin SEO Yoast, o Redirection Plugin, ou qualquer dos outros que mencionei nesta postagem para tratar de qualquer problema.

Também existem muitas empresas que desenvolvem extensões & plugins para o WooCommerce especializados. Eu escrevi sobre um caso há alguns anos aqui. Pode fazer o teste A/B, exibições de produtos condicionados, etc – o único limite é a sua imaginação.

 

Mas como a hospedagem, velocidade e segurança, você é o único responsável por fazer tudo funcionar em conjunto.

Se receber o ecrã branco da morte do WordPress e o seu site falhar devido ao plugin incompatível …oh, então você é o único responsável pela recuperação.

Design & Temas

Para o design web, o Shopify e o WordPress oferecem ambos opções ilimitadas. Não existe tal coisa como um “design Shopify” ou “design WordPress”.

Ambos produzem HTML CSS e possuem editores de design web totalmente equipados.

Com o WordPress, pode usar o PHP para editar modelos além de editar o CSS (se desejar). Com o Shopify, usará o Liquid para editar modelos além de editar o CSS.

Tanto o WordPress como o Shopify oferecem mercados para temas e modelos pré-concebidos.

Ambos têm uma reserva de talentos de designers que conseguem implementar qualquer design que desejar, dependendo do seu orçamento.

E ambos possuem uma seleção de temas gratuitos que pode instalar pressionando um botão.

O WordPress tem uma vantagem em design pois, novamente, você pode ter acesso de raiz ao seu servidor, mas o Shopify permite qualquer design web que você possa desejar.

Apoio ao Cliente

O apoio ao cliente é, possivelmente, a maior diferença entre o WordPress / WooCommerce e o Shopify.

Com o Shopify, você pode falar com os representantes do Shopify que o conhecem de uma ponta à outra. Eles até conseguem fazer login e ver o seu site inteiro configurado.

Com o WordPress, tem acesso à equipa de apoio da sua empresa de hospedagem. No entanto, eles podem não conseguir ajudar a resolver problemas específicos da sua instalação específica WordPress – embora possam ajudá-lo a solucionar problemas técnicos com a sua hospedagem e o WordPress.

De volta à analogia – o WordPress é como a sua casa. Pode chamar um canalizador, e ele pode pode resolver o problema do cano mas, no final, você é o responsável.

Enquanto com o Shopify, é como um problema de canalização na sua loja. É problema da gestão da propriedade, e você pode trabalhar em conjunto com eles para resolver a situação.

Crescimento & Proteção em relação ao Futuro

Existe um último ponto sobre o crescimento e a proteção do futuro.

Como o Shopify é uma plataforma proprietária, você tem de considerar se deseja que eles sejam uma escolha de longo prazo à medida que a sua loja se vai expandindo. O Shopify possui lojas de produtos únicos até grandes empresas que utilizam o produto empresa. Eles constituem uma empresa cotada com estabilidade financeira mas ainda assim são uma empresa – e não uma comunidade aberta.

Mas se alguma vez decidir sair (ou eles forem à falência), consegue exportar os dados do seu produto e os dados do conteúdo, mas vai perder a maior parte de tudo o resto.

O WordPress é de código aberto e suportado pela comunidade. E como você tem acesso à sua base de dados, pode exportar, reformatar e fazer o que quiser com todos os seus dados. É 100% sua e está 100% disponível para si.

Voltando à analogia imobiliária. É como criar uma loja num empreendimento comerciaI. O que está dentro é seu, mas se você se apegar à arquitetura ou a outra caraterística do edifício – não os pode levar consigo. Não é uma coisa boa nem má, mas é algo para o qual tem de estar preparado.

Usando o WordPress & o Shopify Juntos

Existe uma opção que lança uma ideia sobre a comparação WordPress vs. Shopify.

É um facto que você pode usar o WordPress e o Shopify tecnicamente de 2 maneiras diferentes.

A primeira opção é usar o Shopify como sua “loja” e o WordPress para o resto do seu website / blogue.

O caso mais comummente usado é o de um editor que usa o WordPress para escrita e conteúdo mas quer abrir uma loja online com o Shopify em vez do WooCommerce.

Não pode usar o Shopify e o WordPress diretamente no mesmo subdomínio pois o Shopify é uma plataforma hospedada enquanto o WordPress vive no seu servidor de hospedagem.

Se quiser usá-las em conjunto então terá de colocar uma num subdomínio e outra noutro. Por exemplo, teria shop.Yyourdomain.com para a sua loja Shopify e www.yourdomain.com para o seu blogue WordPress.

O principal a considerar é como conseguir uma experiência unificada entre a sua loja e o seu blogue com design, análise, etc. Vai precisar de um design unificado e rastreamento de análise através dos dois subdomínios. Configurar estas duas coisas obriga a planeamento, e requer que mantenha realmente dois websites diferentes.

Pode usar o Shopify e o WordPress em conjunto, mas terá de criar um conjunto diferente de compromissos que podem multiplicar os seus problemas em vez de os resolver.

O cenário mais provável é que você seja principalmente um editor / proprietário do site que usa o WordPress, e queira uma loja separada. O Ecommerce é um suplemento, não é a parte central do seu site (por exemplo, um blogueiro que vende merch). Neste caso, tendo o Shopify numa loja.subdomínio funcionaria. Gostaria de ter um design semelhante, mas não era necessário corresponder exatamente pois a “loja” é uma entidade separada.

Se você for principalmente um proprietário de um ecommerce, não creio que usar o WordPress num subdomínio (por exemplo, blogue), garanta o site extra. As ferramentas de blogue do Shopify são, geralmente, boas para a maioria das estratégias de conteúdo que planeia – além disso, há um benefício por ter esse conteúdo no subdomínio da sua loja.

A segunda opção é usar o Shopify para o seu inventário, checkout e pagamentos sem a opção de loja online.

O Shopify tem um plano Lite por $9/mês que não inclui uma loja online, mas inclui inventário e pagamentos. É destinado a proprietários de produtos que os vendem através de diferentes canais, mas precisam de um único local online para gerir todas as suas vendas.

 

Com o Lite do Shopify, obtém um pequeno trecho de código para colocar no seu website existente, página do Facebook, perfil Twitter, etc. – e permite o checkout das vendas nesse botão. Pense nisto como o PayPal mas com inventário e gestão de ordens.

Se vender através de vários canais, – incluindo o seu WordPress, mas não deseja gerir uma loja online completa com páginas de produtos, coleções, etc. – então pode adquirir o Shopify Lite, e colocar o trecho de código no seu site WordPress.

Próximos Passos & Recursos Relacionados

Se você está a começar uma loja online tanto o Shopify como o WordPress + WooCommerce são excelentes escolhas.

Se se sentir confortável a trabalhar com a retaguarda de um site, quer controlar e personalizar tudo ou se se sente mais confortável com o WordPress então devia verificar o WooCommerceCertifique-se de que usa o meu tutorial de instalação do eCommerce WordPress para aprender mais.

Se você nem quiser pensar sobre o lado técnico de executar uma loja online, e quer concentrar-se na venda, marketing e inventário – então deve experimentar Shopify grátis aqui.

Qualquer que seja a sua escolha, certifique-se que lê o meu plano de entrada de marketing para detentores de ecommerce.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comments

Deixe uma resposta

Loading…

Loading…

Comments

comments

Shopify Study Case

8 Razões para Escolher o Shopify para a sua Loja Online

Aweber Wordpress

Guia Final sobre como Conetar o AWeber ao WordPress